fbpx

Santander Datagro reúne líderes do setor na abertura de Safra Cana, Açúcar e Etanol 2021/22

image_pdfimage_print

 

Na manhã desta quarta-feira, 10 de março, aconteceu a cerimônia de abertura do evento “Santander DATAGRO: Abertura de Safra Cana, Açúcar e Etanol 2021/22”, que acontece até esta quinta-feira (11) em formato on-line.

 

O deputado Itamar Borges presidente da Frente Parlamentar do Agronegócio Paulista na Alesp, comenta a importância do Datagro e do setor na economia. “Os biocombustíveis, açúcar e etanol ocupam um lugar de destaque na economia brasileira, devido a sua importância. Por isso, eventos como este são fundamentais para debater as perspectivas e anseios do setor”, diz o parlamentar.

 

Reunindo autoridades, deputados, representantes do setor, líderes de usinas, produtores e fornecedores de cana, para debater temas importantes como a descarbonização promovida pelo setor sucroenergético, para que o Brasil tenha uma das matrizes energéticas mais limpas do planeta, valorizado pelos ministros Bento Albuquerque (Minas e Energia) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) em suas exposições.

 

Já para o deputado federal Arnaldo Jardim, um dos principais parlamentares ligados ao setor sucroenergético, destacou, em sua participação, alguns desafios do segmento, como, por exemplo, a tributação incidente sobre os CBios – que não está totalmente equacionada, segundo ele -, bem como que a cadeia produtiva precisa estar disposta a discutir de modo mais enfático o cenário de aumento no preço dos combustíveis.

 

O presidente da Unica, Evandro Gussi, que também esteve presente no evento, frisou a envergadura do RenovaBio, o potencial dos CBios como ativos para o mercado de créditos de carbono e o começo de um entendimento por parte da indústria automobilística instalada no país, que a eletrificação da frota, de acordo com o modelo europeu, não é a mais indicada para o Brasil.

 

Encerrando a abertura o presidente da DATAGRO, Plinio Nastari, fez um breve balanço da safra 2020/21, que está se encerrando, bem como registrou algumas expectativas para o novo ciclo. “A temporada 2020/21 foi extremamente desafiadora, devido à pandemia, clima, volatilidade nos mercados, oscilações no câmbio, mas o setor sucroenergético se manteve firme, e entregou produção recorde tanto em açúcar e etanol, bem como cumpriu o objetivo de implantação do primeiro ano do RenovaBio”, disse.

 

A cerimônia também contou com a participação do prefeito de Ribeirão Preto, Duarte Nogueira; Alenxadre Andrade (Feplana), Luiz Carlos Jorge (CeiseBR) e Denis Arroyo (Orplana).

Compartilhar