fbpx

Refinanciar dívidas das Santas Casas é prioridade

 

A Frente Parlamentar Mista de apoio às Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas realizou sua primeira reunião de trabalho desta Legislatura na quarta-feira, 20 de março, com representantes da Caixa Econômica Federal, do BNDES e do Ministério da Saúde. O presidente da Confederação Nacional que representa os hospitais filantrópicos, Edson Rogatti, também participou do evento.

O encontro teve como objetivo debater a situação financeira e de gestão das Santas Casas, hospitais das instituições sem fins lucrativos.

 

“Em São Paulo, na Frente Parlamentar de Apoio às Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, que presido na Assembleia Legislativa, apoiamos as demandas das entidades e as ações da Frente da Câmara Federal, que é conduzida com muita competência pelo deputado federal Antonio Brito, da Bahia”, afirma o deputado estadual Itamar Borges, ao destacar a importância do Programa Santas Casas SUStentáveis, que se tornou permanente por conta de uma Lei de sua autoria.

 

“Buscamos tornar o SUStentáveis permanente por acreditar na eficiência do Programa, que está permitindo que as santas casas e os hospitais filantrópicos encontrem o equilíbrio financeiro. Porém, acreditamos que o programa ainda pode ser expandido, com mais hospitais credenciados, beneficiando os hospitais e melhorando o atendimento para a população”, finaliza.

Compartilhar