fbpx

Inserção do Empreendedorismo no Ensino Público Estadual avança

image_pdfimage_print

28-5-15 - Reunião Lei Empreendedora Herman (18) (Cópia)A Frente Parlamentar do Empreendedorismo – FREPEM, presidida pelo deputado Itamar Borges reuniu-se hoje (28/05), com o Secretario da Educação Herman Voorwald e representantes de 22 instituições que desejam contribuir com a implantação do Plano Estadual de Educação Empreendedora.

28-5-15 - Reunião Lei Empreendedora Herman (35) (Cópia)

A Lei 15.693/2015, recentemente sancionada pelo Governador Geraldo Alckmin, visa inserir o ensino de empreendedorismo nas escolas de ensino médio e escolas técnicas estaduais, vinculadas à Secretaria da Educação e ao Centro Paula Souza.

 

O deputado Itamar Borges apresentou o plano que “tem como objetivo contribuir para a disseminação da cultura empreendedora, a fim de despertar e fortalecer o espírito empreendedor, possibilitando uma nova consciência de trabalho na comunidade escolar”. Afirmou ainda, “desejamos incentivar o comportamento empreendedor, nas crianças e jovens, antes de ingressarem no mercado de trabalho, ou de criarem negócios próprios”.

 

O Secretario Herman manifestou grande interesse em avançar na implementação do plano e comprometeu-se a liderar o grupo de trabalho para regulamentá-lo, e desenvolver as ações de capacitação dos professores e do programa com os alunos. A Secretaria possui 4 milhões de alunos e 230 mil professores.

 

“Nós temos a responsabilidade de garantir aos alunos de baixa renda uma boa educação, que melhore suas possibilidades no ingresso ao trabalho e garanta uma boa perspectiva de vida. Acredito que inserir novas disciplinas, criar um projeto de flexibilidade no ensino médio, como a educação empreendedora é o caminho certo”, concluiu o Secretário Herman.

 

“Esse plano de educação empreendedora vai ao encontro dos objetivos da reformulação do ensino médio que visa formar jovens com cidadania. Sendo empreendedor o aluno aprenderá a saltar os obstáculos” afirmou a coordenadora de Gestão da Educação Básica Ghisleine Trigo Silveira.

 

A Secretária Adjunta Cleide Bochixio acredita que empreendedorismo, como disciplina eletiva nas escolas de tempo integral e de forma transversal trará inovação e aumentará o interesse dos alunos e dos professores.

 

Ao final da reunião, o deputado Itamar resumiu a satisfação de todos os participantes: “Esta audiência com o Secretário Herman foi muito proveitosa. Solicitamos que a regulamentação do decreto seja rápida, e também, os especialistas e as instituições que realizam programas exitosos puderam se apresentar, para cooperar com a Secretaria”, afirmou o deputado.

 

Participaram da reunião, representantes das seguintes instituições: ADE Sampa, Agência Paula Souza de Inovação, Agencia USP de Inovação, AIMES – Associação das Instituições Municipais de Ensino Superior do Estado de São Paulo, Aliança Empreendedora, Auin-UNESP, CRC-SP, DSOP – Educação Finaceira, Empreende, Etec/Sebrae, Fatec/Sebrae, Fapesp, Fecomércio, Fiesp/Dempi, Inova – Agência de Inovação Unicamp, Sebrae-SP, Sub Secretaria de Empreendedorismo/SDECTI, Sindcont-SP, Transformação Empreendedora, Uvesp. Também participaram: Vivaldo Filho – assessor do deputado Celso Giglio; Benê Mascarenhas – assessor parlamentar da SEE e Silverio Crestana, consultor da FREPEM/SESCON-SP.

Assessoria de Imprensa

Compartilhar