fbpx

Escolas da cidade de São Paulo também terão educação empreendedora

Escolas da cidade de São Paulo também terão educação empreendedora

Em sintonia com as escolas estaduais, que estão implantando o ensino de empreendedorismo, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou o Projeto de Lei 62/2017, da vereadora Janaína Lima, para inserir empreendedorismo na grade curricular da Rede Municipal de Ensino.

 

O PL foi aprovado em 2ª discussão na Sessão Plenária desta terça feira (8/5) e segue agora para a sanção do prefeito Bruno Covas.

 

Na justificativa do projeto, a vereadora Janaína Lima argumenta que as atividades sobre o tema buscam fazer com que as noções de empreendedorismo despertem o talento das crianças e jovens para conseguirem seus espaços como protagonistas na sociedade.  “Que os alunos da Rede Municipal de Ensino tenham todos os instrumentos, todas as ferramentas para desbravarem os seus sonhos”, destacou a parlamentar.

 

O presidente da Frente Parlamentar do Empreendedorismo da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado estadual Itamar Borges, comemora a aprovação do PL.

“Este Projeto é de grande importância. Recentemente estivemos com o prefeito Bruno Covas apresentando as ações que podem melhorar a cultura do empreendedorismo na cidade de São Paulo e este projeto vai nesta direção. ”

 

Nas escolas estaduais está sendo implantado o Plano Estadual de Educação Empreendedora, uma iniciativa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, Frente Parlamentar do Empreendedorismo, e especialistas em empreendedorismo ligados a importantes instituições de ensino.

 

O plano foi criado pela Lei 15.693/2015, de autoria de Itamar Borges, e a partir desta Lei, estão sendo desenvolvidas atividades para formação de professores, criação de novas metodologias, feiras de inovação e empreendedorismo para os 3,7 milhões de alunos, 250 mil professores em aproximadamente 5 mil escolas da rede estadual.

 

 

Experiências municipais

Além das escolas da Rede Estadual e das Escolas do Centro Paula Souza vários municípios já desenvolvem programas de educação empreendedora em suas escolas.

 

Durante seus mandatos como prefeito de Santa Fé do Sul, Itamar Borges, implantou o programa Jovens Empreendedores do Sebrae, que também estava sendo realizado em São José dos Campos, e os municípios colheram excelentes resultados. Quatro escolas de Santa Fé ficaram entre os primeiros lugares no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), o indicador criado pelo governo federal para medir a qualidade do ensino nas escolas públicas.

 

Sobre o Plano Estadual de Educação Empreendedora

Uma cartilha detalhada sobre o Plano Estadual de Educação Empreendedora, com material de apoio ao Currículo de Educação Básica, está disponível no site da Assembleia Legislativa de São Paulo e no portal da Secretaria da Educação.

http://www.al.sp.gov.br/alesp/frentes-parlamentares-detalhe/?idFrente=161

 

Assessoria de Imprensa