fbpx

Declarada de Utilidade Pública Estadual por lei de Itamar, AACD de Rio Preto recebe R$ 70mil de emenda do deputado

image_pdfimage_print

 

A AACD de Rio Preto acaba de receber R$ 70 mil de emenda do deputado Itamar Borges. O repasse é fruto de outra iniciativa de Itamar: a lei que declarou a entidade de Utilidade Pública do Estado de São Paulo. Com título, a AACD passou a ter o direito de receber verbas do Estado, que tem início com essa emenda do parlamentar, a primeira que a instituição recebe de um deputado estadual.

 

Aprovado pela Assembleia Legislativa, o projeto de Itamar que declarou a Associação de Reabilitação da Criança Deficiente de Rio Preto (popularmente conhecida como AACD) de Utilidade Pública Estadual foi sancionado em julho pelo governador João Doria, por meio da Lei 17.266.

 

“Com o título de Utilidade Pública, a AACD pode agora ter acesso a subvenções estaduais, como é o caso de nossa emenda de R$ 70 mil. Recurso que vai ajudar na manutenção da entidade, que presta atendimento fundamental a pacientes com deficiência em São José do Rio Preto e toda a região. Fico muito feliz em contribuir com este importante trabalho, que ajuda quem mais precisa”, afirmou Itamar.

 

 

A AACD informou que o dinheiro será utilizado na reforma da sede da entidade, em funcionamento há 12 anos, que precisa de pintura externa e interna e manutenção dos pisos especiais.

 

Itamar destacou a abnegação das pessoas que mantém esse serviço social nesses anos todos, em especial os integrantes da diretoria da associação, todos voluntários sob o comando da presidente Adriane Albuquerque Cirelli.

 

Instalada em Rio Preto desde 2008, com as doações que foram arrecadadas no Teleton de 2007, a unidade, desde então, permite que pacientes da região deixassem de viajar cerca de 450 km/ida em busca de tratamento na unidade da Capital.

 

Com as atividades que envolvem uma série de clínicas especializadas (de Paralisia Cerebral, Lesão Medular, Lesão Encefálica Adquirida Infantil e Adulto, Mielomeningocele, Má Formação Congênita, Amputados, Doenças Neuromusculares e Sequelas da Poliomielite), a AACD Rio Preto já efetuou cerca de 300 mil atendimentos desde que abriu as portas na cidade, em 2008.

 

Compartilhar