fbpx

Cosag debate proibição da caça ao javali no Estado de São Paulo

Cosag debate proibição da caça ao javali no Estado de São Paulo

O Conselho Superior do Agronegócio (Cosag) da Fiesp se reuniu, nesta segunda-feira, 30 de julho, para debater a proibição da caça ao javali no Estado de São Paulo. O deputado Itamar Borges (MDB), presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa (CAE), é favorável à regulamentação do projeto de lei e luta para retomar o controle desse animal.

 

“Estamos lutando para corrigir esse crime cometido com a aprovação da lei que proíbe a caça ao javali”, afirmou Itamar Borges.

 

O javali, espécie de porco considerada invasora no Brasil, tem causado problemas a produtores rurais e a todo setor do agronegócio. O Cosag debateu sobre a inconstitucionalidade da lei, visto que já existe outra que regulamenta a caça de animais, e os estragos causados pelo javali.

 

Roberto Jank Jr., o diretor presidente da Agrindus-Letti, apresentou a lei estadual 16.784/2018, e Fernando Galetti de Queiroz, CEO da Minerva S/A, falou sobre “Perspectivas e desafios da cadeia produtiva de proteína animal no Brasil”, o ministro Aldo Rebelo comentou as explanações e falou sobre os riscos da legislação.

 

O presidente do Cosag, Jacyr da Silva Costa Filho, falou da importância dos parlamentares que lutam pelo desenvolvimento do país e apoiam as causas do setor. Costa Filho afirma que está em risco o futuro do agronegócio paulista, que corresponde a 25% do setor no país.

 

“Está em risco toda a produção de carnes, de grãos, de cana de açúcar. Já existe um risco climático causado pela seca dos últimos 20 anos. Essa lei está pondo em risco todo o interior do Estado de São Paulo”, alertou.

 

Além dos já citados, estiveram presentes o secretário da agricultura Francisco Jardim, Roberto Ignacio Betancourt, Duarte Nogueira, além de membros do Cosag e empresários do setor, entre outros.

 

O deputado Itamar Borges tem participado de encontros para discutir esse assunto. Na semana passada, ele esteve no Palácio dos Bandeirantes com os secretários da agricultura, Francisco Jardim, e do meio ambiente, Eduardo Trani, além do presidente da Cosag, entidades, universidades e especialistas do setor do agronegócio. A reunião debateu o cenário, as implicações e preocupações do setor com a proibição da caça ao javali.

 

Assessoria de Imprensa