fbpx

Plano Safra terá R$ 225 bilhões em créditos para pequenos, médios e grandes produtores

image_pdfimage_print

 

O Plano Safra 2019/2020 foi lançado nesta terça-feira, 18 de junho, em cerimônia realizada no Planalto do Planalto. Para este ciclo, o primeiro após a reunificação dos ministérios, o Plano contará com R$ 225,59 bilhões para apoiar pequenos, médios e grandes produtores. Deste total, R$ 222,74 bilhões são para o crédito rural (custeio, comercialização, industrialização e investimentos), R$ 1 bilhão para o Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR) e R$ 1,85 bilhão para apoio à comercialização.

 

Para o presidente da Frente Parlamentar do Agronegócio Paulista (SP-AGRO), deputado Itamar Borges, o anúncio é importante para o setor. “Investir no agro é pensar no desenvolvimento do nosso País. O setor se destaca pela diversidade, qualidade e produção, além de gerar emprego e renda e contribuir para o crescimento de toda a cadeia produtiva”, frisa o deputado Itamar.

 

Após 20 anos, os recursos para a agricultura comercial e familiar foram anunciados conjuntamente. Desta vez, o governo liberou mais verbas para subvenção do crédito dos pequenos produtores. E os médios produtores serão beneficiados com aumento de 32% nas verbas de custeio e investimento, a taxas compatíveis com o seu negócio. Também pela primeira vez, os pequenos agricultores vão poder usar recursos do Plano Safra para construir ou reformar suas casas. Outra boa novidade é que o agronegócio passa a ter mais opções de financiamentos em bancos.

 

Clique e saiba mais sobre o Plano Safra 2019/2020.

 

 

*Com informações do Ministério da Agricultura

Compartilhar