fbpx

Consórcio CODEVAR assina convênio “Acessa SUS”

image_pdfimage_print

 

Nesta segunda-feira, 02 de dezembro, o deputado Itamar Borges acompanhou prefeitos dos municípios participantes do Codevar – Consórcio de Desenvolvimento do Vale do Rio Grande, na assinatura do convênio “Acessa SUS”, junto com os secretários da Justiça, Paulo Dimas Mascaretti, e da Saúde, José Henrique Germann, e o presidente do Codevar e prefeito de Bebedouro, Fernando Galvão.

 

O deputado Itamar Borges que trabalhou e fez gestão por essa conquista, destaca a importância desse programa. “O programa evitará ações desnecessárias para fornecimento de remédios e irá agilizar a solução dessas demandas, diminuindo a judicialização da saúde”.

 

 

 

Adesão das 26 cidades do Codevar ao programa estadual “Acessa SUS”, busca diminuir judicialização da saúde, tendo como objetivo promover o uso racional de medicamentos e reintegrar os pacientes aos programas de assistência farmacêutica do SUS.

 

Formado por prefeitos o Codevar tem como objetivo desenvolver políticas de desenvolvimento integrando os municípios e aumentando sua representatividade perante os governos estadual e federal. O presidente destacou a participação do deputado Itamar na luta pela adesão ao programa e outras demandas do grupo. “O deputado Itamar sempre lutou pelo consórcio, o consideramos nosso padrinho”, disse o prefeito.

 

Estiveram presentes também na assinatura a subprocuradora da Justiça, Lídia Passos, o defensor público-geral Davi Eduardo Depiné Filho; o presidente da Rede Nacional de Consórcios Públicos e secretário executivo Codevar, Victor Borges; os prefeitos de Tabapuã, felicidade, de monte Azul, Marcelo, de Colina Dieb; entre outros representantes das prefeituras integrantes do grupo, e procuradores.

 

Encontro com a Secretaria de Desenvolvimento Regional

 

Hoje pela manhã o Consórcio Codevar esteve ainda em reunião no Palácio dos Bandeirantes, com o Secretario de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi. A reunião teve como objetivo buscar recursos para monitoramento por meio de câmeras e Investimentos em Segurança Pública, e convênios diversos entre Estado e munícipios.

 

 

Compartilhar