fbpx

FPIC apresenta pauta de trabalho para o secretário da Habitação

 

 

 

Nesta segunda-feira, 11 de fevereiro, a Frente Parlamentar da Indústria da Construção da Assembleia Legislativa (FPIC), juntamente com representantes do setor da construção, se reuniu com o secretário da Habitação, Flávio Amary, para discutir a pauta de trabalho conjunta entre setor e secretaria.

 

O encontro foi solicitado pelo presidente da FPIC, deputado estadual Itamar Borges e pelo diretor titular do Departamento da Indústria da Construção e Mineração (Deconcic/Fiesp), Carlos Auricchio. Participaram, também, da reunião os diretores do Deconcic José Milton Dallari Soares, Luiz Eulálio de Moraes Terra e Mario William Esper.

 

O deputado Itamar Borges ressaltou a importância do diálogo entre o setor e a Secretaria da Habitação e convidou o secretário para o relançamento da Frente Parlamentar, que deverá ser realizado em abril.

 

Para o diretor titular do Deconcic, Carlos Aurícchio, o primeiro ponto que deve ser atacado é a simplificação do sistema de licenciamento para construção habitacional. Precisamos apoiar as prefeituras na padronização e informatização dos processos, para agilizar a troca de informações e desburocratizar todo o procedimento para obtenção de licenças e agilizar o processo de construção. Que exista uma legislação mínima que deva ser seguida. Fizemos uma experiência muito interessante com a prefeitura de Atibaia e obtivemos grandes resultados, disse.

 

Flávio Amary, que foi presidente do SECOVI e conhece de perto as necessidades da cadeia produtiva da construção, afirmou que a Secretaria está alinhada com a visão do setor. “Vamos trabalhar para desburocratizar e simplificar a realização das obras. Quero também que vocês me enviem sugestões concretas que melhorem o ambiente de negócios”, afirmou.

 

O secretário também falou sobre os projetos da secretaria, como a construção de casas da CDHU, parcerias público-privadas e programas de regularização fundiária.

 

O deputado Itamar Borges também sugeriu a criação de um programa, em parceria com a Desenvolve-SP, para incentivar e fomentar a realização de obras de reforma em casas de famílias de baixa renda. “Esse programa ajudará a fomentar o crescimento do setor, criando empregos diretos e indiretos, além de beneficiar as famílias, que precisam realizar essas reformas e hoje não possuem recursos”, finalizou.

 

 

Assessoria de Imprensa

Compartilhar